REGULAMENTO FEKA2019

Cláusula 1 - Objetivo

1.1 O objetivo principal do CAMPEONATO FEKA 2019 é prover aos integrantes do FEKA KART CLUB, o entretenimento, o lazer e o contínuo aprendizado da prática desportiva através do kart amador.

1.2 Neste intuito, deverão prevalecer a amizade e o respeito entre os pilotos, amigos e familiares, o espírito esportivo, o contínuo desenvolvimento das técnicas de pilotagem e a competição saudável, incentivando sempre a consciência da segurança como fator decisivo para garantir a integridade física dentro e fora das pistas, aos participantes e à sociedade.

1.3 Atitudes antidesportivas que sejam tomadas no intuito de burlar as regras aqui estipuladas não serão aceitas em qualquer hipótese, sendo passíveis de desclassificação imediata do campeonato.

Cláusula 2 - Evento e disposições gerais

2.1 Todos os participantes competirão em uma categoria: CAMPEONATO FEKA 2019

2.2 Os pilotos nascidos até 1.975 disputarão paralelamente uma categoria chamada  FEKA SUPER SENIOR 2019, não havendo distinção na pista para esta categoria de pilotos, apenas pontuação e premiação paralela.

2.2.1 Em função do disposto no item 2.2, o mesmo piloto pode ser campeão nas duas categorias: FEKA 2019 e FEKA SUPER SENIOR 2019

2.3 Todas as regras, políticas, definições e práticas tratadas neste regulamento particular são válidas durante todo o ano de 2019 em todas as etapas do campeonato.

2.4 Os pilotos que se inscreverem no Campeonato FEKA 2019 estão de acordo com todas as disposições e regras descritas neste regulamento.

2.5 O campeonato FEKA 2019 só ocorrerá se houver um número mínimo de 18 pilotos inscritos até o dia 20/02/2019.

2.6 COPA FEKA: ao final da ETAPA 3 do Campeonato FEKA 2019, todos os pilotos colocados entre o sexto e o último colocado (sem considerar os descartes) iniciarão uma nova competição chamada COPA FEKA, que ocorrerá paralelamente ao CAMPEONATO FEKA 2019, não havendo distinção na pista para este campeonato, apenas somatório de pontos independente e premiação paralela.

Cláusula 3 - Pilotos

3.1 Para que um piloto possa participar dos certames realizados pela FEKA deve atender os seguintes requisitos mínimos:

3.1.1 Ter o conjunto de equipamentos conforme descrito neste regulamento.

3.1.2 Possuir indumentária mínima de piloto: luva, macacão, sapatilha e capacete. Recomenda-se o uso do protetor de cervical (protetor de pescoço). Demais itens a critério de cada piloto.

3.1.3 Estar em dia com os pagamentos das devidas taxas de inscrição no campeonato e das pistas, conforme Cláusula 4 - Taxas;

3.1.4 Enviar a FICHA DE INSCRIÇÃO NO CAMPEONATO FEKA 2019 pelo site www.fekakartclub.com/inscricoes

3.1.5 Aceitar o Termo de Responsabilidade por acidentes (Termo de responsabilidade FEKA 2019 - disponível no site oficial FEKA2019 - www.fekakartclub.com/termo-de-responsabilidade

3.2 Para que um candidato possa ser admitido como um piloto FEKA, deve ter sido preferencialmente indicado por um piloto FEKA. 

Cláusula 4 - Taxas

4.1 A inscrição no CAMPEONATO FEKA 2019 é pessoal e intransferível. O valor da inscrição é de R$ 4.960,00 e neste custo estão inclusos:

4.1.1 Custo de organização do campeonato (Troféus para as 6 etapas, troféus para o campeonato e infraestrutura para realização das provas);

4.1.2 Taxa de pista no dia de prova nas 6 etapas do campeonato (treino e prova);

4.1.3 Dois (2) jogos de pneus Speed vermelhos para corridas, que serão entregues nas etapas 1 e 4.

4.1.4 Oito (8) litros de gasolina para cada prova, entregues no dia da prova;

4.1.5 Locação de motores para as provas (incluindo dois treinos de até 15 minutos cada).

4.2 As formas de pagamento são:

4.2.1 À vista, em dinheiro ou transferência bancária, até 10/Fevereiro/2018 - R$ 4.700,00

4.2.2 Parcelado em 1 parcela de R$ 620,00 (Boleto vencimento limite em 10/02) + 7x de R$ 620,00 no cartão de crédito.

4.3.3 Parcelado em 1 parecela de R$ 1.240 (boleto vencimento limite em 10/03) + 6x de R$ 620,00 no cartão de crédito

4.4 Após realizada a inscrição não serão devolvidos valores aos pilotos desistentes.

4.5 Pilotos que entrarem a partir da etapa 2 pagarão valor proporcional, a ser calculado com base no número de etapas faltantes.

4.6 Provas avulsas terão o custo de R$ 750,00 (pneu de prova não incluso)

4.7 Será exigida a apresentação da Cédula Desportiva de Piloto de Kart (CBA), sob responsabilidade de cada piloto.

Cláusula 5 - Campeonato

5.1 O CAMPEONATO FEKA 2019 consistirá de 6 (seis) ETAPAS oficiais que ocorrerão durante o ano de 2019, conforme definido na Cláusula 6 - Calendário das Provas.

5.2 A pontuação final do CAMPEONATO FEKA 2019 será obtida pela soma das 5 (cinco) maiores pontuações de cada piloto nas 6 (seis) ETAPAS, descartando-se a ETAPA de menor pontuação de cada piloto.

5.3 A última etapa do campeonato terá a sua pontuação dobrada.

5.4 No caso de uma ETAPA ser composta de apenas uma bateria, seja qual for o motivo, esta ETAPA não poderá servir de descarte para nenhum piloto, nem mesmo para os que não participaram da ETAPA.

5.5 Os critérios de desempate para a pontuação do CAMPEONATO FEKA 2019 serão:

  • a. Maior número de vitórias nas baterias
  • b. Maior número de pole positions
  • c. Maior número de voltas mais rápidas por bateria
  • d. Maior pontuação de descarte

5.6 O CAMPEONTAO SUPER SENIOR FEKA 2019 segue, em paralelo ao FEKA 2019, exatamente as mesmas regras descritas nos incisos 5.1 até 5.5, porém, aplicável somente para pilotos nascidos até 1975, conforme descrito no inciso 2.2. 

5.7 A COPA FEKA 2019 terá o seguinte formato:

5.7.1 A pontuação será a soma dos pontos conquistados nas etapas 4, 5 e 6 do Campeonato FEKA por cada piloto participante, sem descartes.

5.7..2 Não haverá troféus por etapa para a COPA FEKA, serão premiados com troféus os 3 (três) primeiros colocados na COPA FEKA.

5.7.3 O critério de desempate da COPA FEKA será:

a) O piloto que tiver a maior pontuação em uma única etapa entre os participantes da COPA FEKA nas etapas 4 a 6.

b) O número de melhores voltas nas Baterias entre os participantes da COPA FEKA nas etapas 4 a 6.

c) A posição de largada na ETAPA 6.

Cláusula 6 - Calendário das Provas:

6.1 As datas previstas para as ETAPAS 2019 são as seguintes:

  • ETAPA 1 - 16/03/2019 - BETO CARRERO (Etapa em conjunto com CEKI 6h)
  • ETAPA 2 - 04/05/2019 - REGISTRO (Etapa em conjunto com Copa BSV)
  • ETAPA 3 - 08/06/2019 - BETO CARRERO (Etapa em conjunto com CEKI 6h)
  • ETAPA 4 - 03/08/2019 - REGISTRO (Etapa em conjunto com Copa BSV)
  • ETAPA 5 - 14/09/2019 - BETO CARRERO (Etapa em conjunto com CEKI 6h) 
  • ETAPA 6 - 26/10/2019 - BETO CARRERO

6.2 As datas estão sujeitas a alteração e serão confirmadas com 30 dias de antecedência. 

Cláusula 7 - Etapas

7.1 Cada ETAPA será composta por duas BATERIAS. Os horários serão divulgados na semana que antecede a prova.

7.2 Os horários estão sujeitos a alteração conforme necessidade, podendo ser alterado inclusive no dia da prova pela organização do campeonato ou da prova.

7.3 A formação do grid da primeira bateria será feita com uma tomada de tempo de aproximadamente 5 minutos. O piloto mais rápido largará na 1º colocação e assim sucessivamente.

7.4 A formação do grid da segunda bateria será feita da seguinte forma: Divide-se os participantes da primeira bateria em dois grupos iguais A e B. Em caso de número ímpar de participantes, o grupo dos primeiros classificados ficará com 1 integrante a mais. O grid será formado invertendo-se a posição de chegada dos integrantes do grupo A seguidos dos integrantes do grupo B, estes na mesma ordem de chegada na primeira bateria.

7.5 O piloto que não se apresentar para a tomada de tempo no momento determinado pelos Comissários Desportivos, ou se durante a mesma, por avaria mecânica não puder concluí-la, perderá o direito de fazer nova tentativa, devendo largar no final do "grid".

7.6 Para o piloto que não participar da tomada de tempo, a posição de largada será ao final do grid. Caso um piloto que não tenha participado da primeira bateria venha a participar da segunda, este largará ao final do grid na última posição. Caso isso ocorra nas etapas 5 e 6, a posição será antes dos novos pilotos. No caso de haver mais de um piloto nestas condições, a posição entre eles será definida pela direção de prova.

7.7 Após a tomada de tempo, não é permitido retornar ao Box para qualquer manutenção ou abastecimento, assim como não é permitido realizar qualquer ajuste, abastecimento ou calibragem no grid de largada. Na primeira bateria, o kart deverá ter exatamente as mesmas configurações da tomada de tempo. Para a segunda bateria os ajustes são livres.

7.8 As corridas terão duração de 20 voltas em cada bateria em todas as pistas.

7.9 A bandeira quadriculada branca e preta, apresentada agitada, significará para os karts, o término da bateria. Entretanto, será válida como classificação oficial, única e exclusivamente aquela registrada e declarada pela cronometragem.

7.10 Em caso de empate na tomada de tempo para a formação do grid da primeira bateria, o critério de desempate será conforme o critério de cronometragem do kartódromo.

7.11 Pilotos que estão realizando as primeiras provas na FEKA em 2019 largam em condições de igualdade com os pilotos FEKA nas etapas 1 a 4.

7.12 Para pilotos que entrarem no campeonato nas etapas 5 e 6, a posição de largada será ao final do grid nas duas baterias. No caso de haver mais de um piloto nesta situação, a posição entre eles na 1º bateria será definida pelo melhor tempo na tomada de tempos e na 2º bateria conforme a colocação da 1º bateria.

Cláusula 8 - Pontuação das Etapas

8.1 Pontos por Bateria:

8.2 Volta mais rápida: O piloto que fizer a volta mais rápida de cada bateria receberá 1 ponto extra como bonificação. Se houver mais de um piloto com o mesmo tempo (mais rápido), cada um deles receberá 1 ponto extra.

8.3 Pole Position: O piloto que fizer a volta mais rápida na formação do grid - Pole Position - receberá 1 ponto extra como bonificação.

8.4 Será o vencedor da etapa o piloto com o maior número de pontos obtidos, somando-se as duas baterias e os pontos extras. 

8.5 No caso de empate na pontuação final da etapa o critério de desempate será a classificação na tomada de tempo desta mesma etapa.

Cláusula 9 - Validade das Corridas:

9.1 Será considerada uma BATERIA válida aquela que tiver um mínimo de 14 voltas.

9.2 Poderá haver o cancelamento da prova por motivos de chuva muito intensa, visando a segurança dos pilotos. A definição do cancelamento ou não será apresentada no Kartódromo pelo diretor de prova, no momento da formação do grid.

9.3 Todos os pilotos que participarem da bateria poderão pontuar, independente do número de voltas completadas. Para isso devem obrigatoriamente ter participado da largada.

Cláusula 10 - Premiação das ETAPAS:

10.1 Haverá troféus para os 5 (cinco) primeiros colocados de cada ETAPA para os campeonatos FEKA2019 e FEKA SUPER SENIOR 2019, sendo entregue no pódio ao final da ETAPA.

10.2 O resultado das ETAPAS será divulgado no site oficial da FEKA 2018 em até 5 dias úteis após cada ETAPA.

Cláusula 11 - Premiação do Campeonato:

11.1 Os primeiros colocados no CAMPEONATO FEKA 2019, CAMPEONATO FEKA SUPER SENIOR 2019 e COPA FEKA 2019 receberão como prêmio:

  • 1° LUGAR: TROFÉU EXCLUSIVO DE 1º LUGAR
  • 2° LUGAR: TROFÉU EXCLUSIVO DE 2º LUGAR
  • 3° LUGAR: TROFÉU EXCLUSIVO DE 3º LUGAR

Cláusula 12 - Incidentes:

12.1 Os incidentes devem ser evitados ao máximo, a fim de não colocar em risco a integridade física dos demais pilotos, além da sua própria. Contudo, em caso de alguma colisão na pista durante as corridas e/ou treinos, os danos causados aos karts e demais equipamentos serão de responsabilidade de cada piloto envolvido, independente de quem seja o causador do incidente, salvo em casos de atitude antidesportiva evidente, a qual será analisada pela Diretoria da FEKA.

Cláusula 13 - Penalizações e Advertências:

13.1 No decorrer do certame, o Diretor de provas é a autoridade máxima e deverá ser respeitado como tal, bem como poderá tomar as devidas medidas necessárias aplicando penalizações, tais como advertências e desclassificações.

13.2 O piloto que for punido por atitudes antidesportivas em 3 (três) Baterias ao longo do Campeonato sofrerá uma penalização extra, sendo:

13.2.1 Para casos onde a 3º penalização aconteça entre a 2º e a 5º ETAPAS o piloto será obrigado a largar na última posição nas duas BATERIAS da ETAPA seguinte que este piloto participar.

13.2.2 Para casos onde a 3º penalização aconteça na 6º ETAPA o piloto será penalizado com a perda de 10s em cada uma das BATERIAS na última etapa, além da penalização imposta pelo diretor de prova.

13.2.3 A partir da 4ª punição por atitude antidesportiva retoma-se as penalidades do inciso 13.2 novamente.

13.3 O piloto que for punido por atitudes antidesportivas com desclassificação (bandeira preta) estará sujeito a seguinte penalização:

13.3.1 Se a punição for na BATERIA 1, estará impedido de participar da BATERIA 2 da mesma etapa;

13.3.2 Se a punição for na BATERIA 2, deverá largar em último colocado na BATERIA 1 da próxima etapa que participar, e deve participar da tomada de tempo em tempo integral para que os pneus tenham o mesmo nível de desgaste.

13.4 O piloto que receber qualquer punição durante a BATERIA será informado pelo diretor de prova ao final de cada BATERIA, antes da emissão do resultado da prova.

Cláusula 14 - Recursos para penalizações:

14.1 Após a corrida, caso o piloto sinta-se prejudicado por uma punição que julgue indevida, ou um lance onde outro piloto o prejudicou e não tenha sido penalizado durante a prova, deve apresentar as devidas evidências dos fatos para análise dos comissários esportivos (filmagens que evidenciem a reclamação). Os comissários farão a devida análise divulgarão os resultados na pista.

14.2 Não serão aceitas reclamações após a divulgação dos resultados.

14.3 A Organização não fornecerá qualquer material de imagem para os pilotos para efeitos de julgamento de decisões de pista.

Cláusula 15 - Segurança:

15.1 Nenhum piloto poderá correr sem carenagem, bico e para-choque. Em caso de acidente em que um destes se solte total ou parcialmente (quebra total ou parcial) é necessário parar e recolocar ou substituir a peça, nos boxes ou em local previamente determinado pela Direção de Provas. O piloto terá 3 voltas para corrigir o problema após a notificação do Diretor de Prova. O piloto que continuar na prova sem corrigir a avaria no equipamento receberá bandeira preta e será desclassificado da bateria.

15.2 Caso ocorra a queda de carenagem, bico ou para choque faltando 3 voltas ou menos para acabar a bateria, o piloto poderá terminar a prova sem a necessidade de corrigir o problema, porém, a peça faltante não poderá ser considerada na pesagem ao final da bateria.

Cláusula 16 - Lastro:

16.1 Ao final de cada bateria haverá pesagem. O peso mínimo Piloto + Kart deve ser de 190kg.

16.2 Cada piloto será responsável pela colocação de lastro em seu kart.

16.3 IMPORTANTE: A fixação dos pesos deve ser feita utilizando-se suportes e parafusos adequados, com porca e contra porca, a fim de garantir que os pesos não se soltem durante a corrida. Danos causados aos demais pilotos e karts por pesos que se soltem na pista serão cobrados do piloto cujo kart perdeu os pesos.

16.4 Pilotos com peso abaixo do especificado ao final da 1º bateria serão desclassificados da bateria e largarão na última posição do grid na 2º bateria. Pilotos com peso abaixo do especificado na 2º bateria serão desclassificados da bateria.

16.5 Toda e qualquer manobra fraudulenta, visando o aumento ou a redução de peso do conjunto kart/piloto resultará na desclassificação sumária do campeonato.

Cláusula 17 - Motores:

17.1 Os motores serão fornecidos pela empresa Cuca Racing (Honda GX390 preparação CBA Super F4)

17.2 O piloto ficará responsável pelo motor a partir do momento em que recebê-lo da organização até o momento da sua devolução.

17.3 Se o motor for danificado durante testes realizados sobre cavaletes, o piloto será responsável pelo reparo do mesmo e deverá indenizar integralmente a Cuca Racing.

17.4 Quaisquer danos externos no motor também serão de responsabilidade do piloto

17.5 Será feito o sorteio dos motores pela Cuca Racing entre todos os pilotos presentes. Todos os pilotos e/ou representantes serão convidados a participar do sorteio, que ocorrerá com ou sem a participação destes.

17.6 Todos os pilotos poderão fazer 2 treinos de 15 minutos cada antes da tomada de tempo utilizando o motor locado. Nenhum ajuste ou modificação serão permitidos no motor pelos pilotos ou preparadores, estando os infratores sujeitos a desclassificação da ETAPA.

17.7 Ao final da BATERIA 1 haverá nova troca de motores, ficando a Cuca Racing responsável pela redistribuição dos mesmos.

17.8 A colocação, retirada e/ou troca dos motores fornecidos pela Cuca Racing será de inteira responsabilidade do piloto e/ou seu mecânico.

17.9 A Cuca Racing disponibilizará um número de 20% (vinte por cento) de motores extras por etapa para eventuais trocas. A prioridade para trocas será para o motor cujo reparo não puder ser executado no local. As demais trocas somente poderão ser efetuadas se houver disponibilidade de motor e desde que autorizada pelo Comissário Técnico da FEKA.

17.9.1 O piloto terá sua posição de largada na corrida devidamente preservada desde que os lacres não tenham sido adulterados ou rompidos e exclusivamente se a troca for efetuada em razão de uma das seguintes situações:

a) Se houver quebra do pistão;

b) Se houver quebra da biela;

c) Se houver a fusão da biela;

d) Se houver quebra do eixo da biela;

e) Se houver quebra da arruela de encosto da biela;

f) Se a rosca da porca da curva espanar.

17.9.2 Se a troca for solicitada por qualquer outro motivo que não os descritos nas alíneas a a f do inciso 17.9.1, o piloto perderá 5 posições no grid de largada na atividade imediatamente posterior ao evento e só poderá fazer a troca 1 (uma) única vez por etapa.

17.10 Escapamento - Todos os pilotos devem utilizar o mesmo escape, cujas medidas estão descritas abaixo. Não será permitido uso de flexível ou qualquer outro artefato entre o escape e a curva de escape do motor. Os escapes podem ser adquiridos junto à empresa Simôes Racing pelo telefone (41) 98501-6495 (Sérgio)

Cláusula 18 - Chassis:

18.1 Somente poderão ser utilizados chassis homologados CBA ou CIK/CBA.

18.2 Não será permitida nenhuma alteração que modifique as características, medidas e formas, mesmo pelo fabricante, assim como a eliminação ou acréscimo de peças ou partes do chassi. A constatação de tal atitude ou prática implicará, na sua exclusão do campeonato;

18.3 Será obrigatório o uso de assoalho de material metálico rígido, que vá do assento do piloto até a parte frontal do kart. Ele deverá ser delimitado por um tubo ou dobra, evitando que os pés do piloto escorreguem para fora do assoalho. Se o assoalho tiver algum furo, esse não poderá medir mais de 10mm de diâmetro.

18.4 Será proibido o uso de qualquer dispositivo de suspensão elástica ou articulada.

18.5 As rodas são de livre uso, desde que atendam as especificações da CBA.

18.6 Não será permitida qualquer saliência que exceda o perímetro das rodas, como por exemplo, a ponta dos eixos dianteiro e traseiro.

18.7 A direção deverá ser comandada por um volante inteiramente fechado devendo ser obedecidas as normas CIK / FIA, que preveem um volante circular, totalmente fechado, sem a apresentação de ângulos. Todos os elementos da direção deverão comportar um sistema de fixação que ofereça completa segurança, não podendo ser utilizados materiais que não sejam metálicos.

18.8 Os pedais quando acionados, não deverão ultrapassar os elementos fixos do chassi. O acelerador deverá ser comandado por um só pedal, que obrigatoriamente terá mola de retorno, sendo proibido o uso de qualquer artifício para o seu travamento.

18.9 O tanque de combustível deverá ser de material plástico, translúcido e com capacidade máxima de dez litros, construído de forma a não apresentar qualquer perigo de vazamento, não podendo de maneira alguma, ser parte integrante do chassi ou carenagem, não sendo ainda admitido qualquer artifício que modifique sua característica de translucidez. O tanque não poderá estar revestido, totalmente com nenhum tipo de material, desde o momento do abastecimento até o final da vistoria técnica. Ele deverá enviar o combustível somente por gravidade, através de tubos flexíveis e transparentes. Permitido colocar adesivos no tanque.

18.10 Será obrigatória a utilização de para-choques traseiro homologado CBA.

18.11 Será proibido o uso de rolamento de cerâmica ou com partes de revestidas com cerâmica.

18.12 Permitido o intercâmbio de componentes entre os chassis homologados CBA.

18.13 O suporte para a colocação do sensor de cronometragem deve ser fixado na parte de trás do banco. Sua colocação e manutenção é de responsabilidade do piloto. 

Cláusula 19 - Pneus:

19.1 O uso de pneus será controlado pela comissão técnica, com vistorias regulares.

19.2 Os pneus devem ser de dureza "vermelha", marca SPEED que serão entregues pela organização do campeonato.

19.3 Cada piloto poderá utilizar no máximo 2 jogos de pneus slick durante o campeonato. Os pneus serão entregues antes das etapas 1 e 4 e devem ser usados conforme abaixo:

19.3.1 Será obrigatório utilizar o jogo 1 nas etapas 1, 2 e 3.

19.3.2 Será obrigatório usar o jogo 2 nas etapas 4, 5 e 6.

19.4 Os pneus slick são pessoais e intransferíveis, ou seja, cada piloto só poderá usar os seus próprios pneus, não sendo permitido o empréstimo de pneus marcados para uso em etapas oficiais.

19.5 Os pneus slick deverão ser obrigatoriamente inspecionados e identificados.

19.6 Os pneus serão vistoriados antes e depois de cada bateria. Caso seja comprovada irregularidade na identificação dos pneus slick o piloto será excluído do campeonato.

19.7 O uso de pneus de chuva (biscoito) será determinado pelo diretor de prova e dessa determinação não caberá nenhum tipo de reclamação, sendo a mesma válida para todos os pilotos, sem exceção.

19.8 Não haverá restrição de quantidade ou marca de jogos para pneus de chuva, portanto não haverá necessidade de identificação destes.

19.9 Em caso de ocorrência de furo ou defeito no pneu este poderá ser substituído desde que apresentado para análise e comprovado o defeito pela comissão técnica.

19.10 Não serão permitidos quaisquer métodos de aquecimento ou resfriamento artificial dos pneus, ou o uso de aditivos. Será proibido ainda a utilização de qualquer produto que altere a característica original dos pneus. 

19.11 Considerando que os pneus serão utilizados para mais de uma etapa, o piloto inscrito em provas avulsas poderá estar em vantagem com relação aos demais e, visando minimizar esta vantagem, sofrerá as seguintes sanções:

19.11.1 Nas etapas 1 e 4 o piloto deverá correr com pneu novo e não haverá penalização, pois estará em igualdade em relação aos demais pilotos.

19.11.2 Na etapa 2 se o piloto não tiver participado da etapa 1 estará com pneu novo e será penalizado com 0,3s (três décimos de segundo) no tempo da Tomada de Tempo e mais 3s (três segundos) no tempo final de cada bateria. Caso o piloto tenha participado da etapa 1 estará em igualdade de condições e não sofrerá qualquer sanção.

19.11.3 Na etapa 3, caso o piloto de provas avulsas tenha participado de uma das etapas anteriores (1 ou 2), estará com pneu com 50 voltas a menos e será penalizado com 0,3s (três décimos de segundo) no tempo da Tomada de Tempo e mais 3s (três segundos) no tempo final de cada bateria. Caso o piloto não tenha participado das duas etapas anteriores (1 e 2), estará com pneu novo e será penalizado com 0,5s (cinco décimos de segundo) no tempo da Tomada de Tempo e mais 5s (cinco segundos) no tempo final de cada bateria. Se tiver participado das etapas 1 e 2 não sofrerá qualquer sanção.

19.11.4 Nas etapas 5 e 6 o piloto largará no final do grid conforme inciso 7.12. 

19.11.5 O piloto de provas avulsas também deve respeitar os incisos 19.1 a 19.10.

19.12 Piloto inscrito no campeonato entre as etapas 2 a 4 poderá utilizar 2 (dois) jogos de pneus conforme o inciso 19.3 e não estará sujeito a nenhuma penalização, independente de estar com o pneus em condições melhores que os demais, pois já estará em desvantagem para o campeonato por não ter participado de pelo menos 1 (uma) etapa.

Cláusula 20 - Combustível

20.1 O combustível para as provas será fornecido pela FEKA a cada etapa. Serão entregues 8L por piloto por etapa.

20.2 Cada piloto deverá entregar um galão com capacidade superior a 8L de combustível para a comissão técnica até 2h antes da tomada de tempo. 

20.3 Para a tomada de tempo e baterias, os karts deverão ser abastecidos exclusivamente com a gasolina entregue pela Direção de Prova. O abastecimento deve ser feito com o tanque de combustível totalmente vazio, pois qualquer mistura de combustível com o que foi oficialmente entregue para a prova afetará a medição durante a inspeção após a prova e o piloto estará sujeito a desclassificação da bateria.

20.4 Todos os karts terão o combustível auditado após o encerramento de cada bateria. A medição é feita no próprio tanque do kart após a prova. É obrigatório terminar a prova com no mínimo 300ml de combustível no tanque, sujeito a desclassificação da bateria. Caso haja pouco combustível no tanque que impeça a aferição, o piloto/mecânico devem colocar o combustível do tanque em um recipiente plástico na presença do comissário FEKA para que seja feita a medição. 

20.5 O uso de qualquer aditivo no combustível, ou qualquer elemento químico que altere as condições do combustível (nitrometano, metanol e afins) resultará na exclusão do piloto do campeonato.

Cláusula 21 - Relação de transmissão

21.1 A coroa a ser utilizada em cada prova será especificada pela Diretoria da FEKA até 10 dias antes da etapa e todos os pilotos deverão utilizar a mesma coroa.

21.2 As coroas devem manter o diâmetro externo e não podem apresentar nenhum tipo de retrabalho. Coroas retrabalhadas acarretarão na desclassificação do piloto do campeonato.

21.3 Haverá inspeção das coroas antes e depois das provas, no parque fechado.

Cláusula 22 - Identificação:

22.1 A numeração dos karts deverá estar obrigatoriamente localizada na parte superior da gravata, no centro do parachoque traseiro e na parte traseira das carenagens laterais, sobre um quadrado medindo no mínimo 200x200mm na cor amarela, com números de 150mm de altura e traço de 20mm na cor preta. Nas carenagens laterais as medidas estarão limitadas às áreas disponíveis nas mesmas, devendo ser mantida a largura do traço. A utilização de material refletivo nas placas de identificação é proibida.

Cláusula 23 - Casos Omissos:

23.1 Casos não previstos neste regulamento serão analisados pela Diretoria, a qual terá total autonomia para decidir punições e / ou liberações.

Cláusula 24 - Responsabilidades:

24.1 A FEKA KART CLUB, os kartódromos, os clubes e os patrocinadores envolvidos nos eventos, eximem-se de toda e qualquer responsabilidade civil ou penal, por infrações cometidas ou acidentes causados durante os treinos e as provas. Essa responsabilidade será exclusivamente daquele (s) que a (s) tiver (em) cometido ou daquele (s) que tiver (em) se envolvido em acidente (s) ou ainda de seu (s) representante (s) legal (is).